see-berlin: qualifizierte Führungen in Berlin und Potsdam zu Gesellschaft, Architektur, Kunst und anderen Themen.

.

deutschenglishfrançaisitalianoespañolporutguêsrusskij

Hannelore Fobo - sightseeing in Berlin + Potsdam - Stadtführungen auf deutsch sightseeing in English visites guidées en français
visite guidate in italiano visitas guiadas en español visitas guiadas em português ekskursii po-russkij


Conhecer Berlim

www.see-berlin.de Hannelore Fobo <halo.fobo@t-online.de>     >>página portuguesa>>

home

galeria de fotografias

programas

percorrer Berlim (em alemão)

comentários dos clientes

contacto

copyright

.

Desfrutar e conhecer. Viver Berlim!

Texto e Fotos: >> página 2 - Berlim e os seus centros
© Patricia Maciel 2008 >> página 3 - Gastronomia e Shopping


Berlim e os seus centros

Quando vim para Berlim hospedei-me num Hostel que pensava estar situado no centro de Berlim, em redor da Alexander Platz. Depressa descobri que Berlim não tem um centro mas sim vários e dentro de poucos anos, seguramente mais. Apesar do Muro apenas existirem vestígios, os Berlinenses ainda se referem a cidade como West e Ost.

A West Charlottenburg, parte da cidade onde vivem pessoas com rendimentos
mensais acima da média, e cuja faixa etária ronda os 60 anos ou mais na grande maioria dos residentes - Está localizada a 5th Avenue de Berlim, Kurfürstendamm, com lojas dos mais conhecidos estilistas internacionais. Aqui encontra-se, não por acidente, uma grande quantidade de turistas especialmente jovens, não consigo explicar muito bem porquê, que contrastam com algumas senhoras de idade avançada incrivelmente elegantes que se passeiam nesta avenida a qualquer hora do dia, como se de uma festa se tratasse.

Geograficamente no centro Mitte é uma zona de lojas trendy, de jovens criadores, design e decoração, variados restaurantes, galerias de arte e cinemas.
Estão localizados grande parte dos monumentos históricos.

Prenzlauer Berg é a zona mais colorida da cidade. As cores berrantes dos prédios contrastam com o cinzento da maioria das fachadas Berlinenses e ajudam certamente a colorir os muitos dias quase negros de Inverno.
Muitos espaços verdes, pequenos acolhedores e originais cafés, onde por vezes não é possível distinguir à partida se são realmente cafés, galerias de arte ou lojas em segunda mão, pois é frequente tudo isto partilhar um só espaço.
Vivem em Prenzlauer Berg muitas jovens famílias e é possível ver em média, eu diria 2 bebés por metro quadrado.
É verdade…nunca vi tamanha concentração de bebés em toda a minha vida!
Dizem ser frequente ver nesta parte da cidade actores, actrizes, realizadores de cinema e televisão…embora eu pessoalmente nunca tivesse visto nenhum.

Friedrichshain é uma das zonas mais baratas da cidade.
Os estudantes ocupam as ruas deste local, de dia e de noite, não permitindo
Friedrichshain dormir muito.
Em apartamentos, prédios inteiros ou armazéns, Friedrichshain está sempre em festa. Podemos ver muitos prédios degradados decorados com street art. Os mais bonitos graffitis que vi foram em Friedrichshain. Aqui é também o paraíso do vinil em segunda mão. Há lojas por toda a parte e os preços podem ir desde 50 cêntimos até 5 euros.
Dizem que tudo o que se passa, passa-se em Kreuzberg e Friedrichshain.

Kreuzberg é mais um sitio especial.
Vive uma numerosa comunidade turca, poderá mesmo constituir a segunda maior comunidade turca depois de Istanbul.
Também artistas e jovens trabalhadores aqui vivem. Estão localizadas a maior parte das discotecas (clubs) e salas de concertos, entre centenas de bares e pequenos restaurantes.
Sugiro beber uma cerveja à margem do Kanal em Kreuzberg. Existem pequenos e simpáticos bares construídos em madeira e que apenas estão abertos no Verão.

Apesar de estes serem considerados os centros de Berlim, novos locais crescem mostrando sinais de vida cosmopolita. Wedding e Neukölln, têm apresentado algumas exposições e exibições. São também zonas muito baratas, mais que Friedrichshain, não de todo muito frequentados por outras pessoas que não os moradores, no entanto sente-se uma onda de mudança, de crescimento que se reflectirá dentro de pouco tempo.


Passear em Berlim

A melhor forma de conhecer Berlim é na minha opinião de bicicleta. (Fahrrad)
Não é rápido, é uma cidade grande, mas é muito agradável desfrutar aqui este meio de transporte.
Em Portugal não temos esse hábito, também os altos e baixos das ruas não opermitem com facilidade, no entanto Berlim é plana e tem passeio de bicicletas por toda a parte.
Se o tempo sorrir, um passeio no Tiergarten é delicioso. É o maior e um dos mais bonitos parques em Berlim. Não cometa o mesmo erro que eu, de dar um passeio a pé pois é muito fácil perder-se, o parque é mesmo grande.
É possível alugar bicicletas por toda a cidade a preços que rondam os 12 euros por dia ou 15 euros com um guia por 2 ou 3 horas.
Também a rede de transportes públicos DB dispõe de um serviço call a bike que teoricamente consiste em telefonar de um ponto onde avista uma das muitas bicicletas DB espalhadas pela cidade e pedir para desbloquear dando o código da bicicleta e o número do cartão de crédito. Quando termina o seu passeio pode deixar a bicicleta onde quiser.
O processo parece simples mas comigo não funcionou. Não consegui entender porquê, mas felizmente as opções são muitas e não ficará apeado em Berlim, até porque os transportes públicos são fantásticos, S-Bahn (comboio), U-Bahn (metro), Tram (eléctrico), Bus (autocarro) complementam-se chegando a toda a parte da cidade sempre com a correcta pontualidade alemã. Não é barato, cada viagem custa 2,10 euros mas pode comprar bilhetes de um dia por 6,10 euros ou de 7 dias por 26,20 euros.


Fernsehturm - Torre de
Telecomunicação e rio Spree



Friedrichshain


Tiergarten

>> página 1 - Berlim e a Arte
>> página 3 - Gastronomia e Shopping

Texto e Fotos:
© Patricia Maciel 2008



 



Berlin entdecken - Discover Berlin - Découvrir Berlin - Scoprire Berlino - Descubrir Berlín - Descubra Berlim - Vidy Berlina

www.see-berlin.de

email: Hannelore Fobo <halo.fobo@t-online.de>



 

Hannelore Fobo, Tel. ++ 4 9 / (0) 3 0 / 7 7 1 8 7 5 6, mobil/cellphone ++ 4 9 / (0) 1 7 7 / 7 7 1 8 7 5 6, Fax ++ 4 9 / (0) 3 0 / 7 7 1 8 6 8 9, email <halo.fobo@t-online.de>


deutschenglishfrançaisitalianoespañolporutguêsrusskij